23 de Junho de 2010 / às 16:00 / em 7 anos

Gol de Defoe leva Inglaterra às oitavas de final

<p>Jogador da sele&ccedil;&atilde;o inlgesa Jermain Defoe comemora gol contra a Eslov&ecirc;nia pelo Grupo C da Copa do Mundo. A Inglaterra venceu por 1 x 0 e se classificou para as oitavas de final. 23/06/2010Carlos Barria</p>

Por Martin Petty

PORT ELIZABETH (Reuters) - O atacante Jermain Defoe resgatou a campanha inglesa na Copa do Mundo nesta quarta-feira com um gol no primeiro tempo, suficiente para derrotar a Eslovênia por 1 x 0 e garantir uma vaga nas oitavas de final.

Defoe atuava pela primeira vez no torneio e converteu um cruzamento perfeito de James Milner aos 23 minutos, levando a angustiada torcida ao delírio.

A Inglaterra teve o controle do jogo e parecia uma seleção totalmente diferente do time que penou em dois empates consecutivos, com Wayne Rooney em espírito combativo e Defoe se mostrando uma ameaça à defesa eslovena.

Defoe entrou no lugar de Emile Heskey no ataque com Milner na linha de frente substituindo o ineficaz Aaron Lennon. Com Jamie Carragher suspenso, Matthew Upson entrou na defesa.

Os ingleses começaram nervosos, mas logo encontraram seu jogo, com Rooney trabalhando duro e juntando forças com Defoe, Milner e Gerrard em uma série de ataques contra o gol da Eslovênia.

"Jogamos juntos, lutamos juntos. Estou muito, muito feliz", disse o técnico da Inglaterra, Fabio Capello. "Reencontrei o time que conheço. Podemos seguir adiante contra qualquer seleção porque as mentes dos jogadores estão livres agora, sem medo, sem dúvidas".

DEFOE CONFERE

Rooney, Frank Lampard e John Terry chegaram perto, e a pressão inglesa finalmente foi recompensada quando Milner se lançou pela direita e cruzou brilhantemente para Defoe arrematar uma finalização perfeita.

Defoe quase marcou de novo três minutos mais tarde, quando seu chute de fora da área foi espalmado pelo goleiro Samir handanovic, e Lampard mandou o rebote contra o travessão.

A Inglaterra poderia ter dobrado a vantagem quando Handanovic fez duas defesas soberbas de chutes de Defoe e Gerrard antes de saltar em uma bola que sobrou perto do gol.

Os ingleses mantiveram a pressão depois do intervalo. Terry quase marcou de cabeça e Rooney, duramente criticado nas duas primeira partidas, continuou a dar trabalho à defesa eslovena no segundo tempo, deixando a marcação para trás e chegando a acertar o travessão.

A Eslovênia teve poucas chances, mas a Inglaterra ficou preocupada aos 23 minutos, quando Bostjan Cesar pegou uma sobra e chutou perto do gol. Os eslovenos mantiveram a pressão até o final, mas não conseguiram penetrar a resistente defesa inglesa.

A Inglaterra enfrenta o vencedor do Grupo D - Gana, Alemanha, Sérvia ou Austrália - no domingo, tendo terminado como segunda do seu grupo após a vitória dos Estados Unidos por 1 x 0 sobre a Argélia.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below