Confiantes, EUA veem oportunidade de brilhar contra Gana

quinta-feira, 24 de junho de 2010 15:57 BRT
 

Por Kate Holton

IRENE, África do Sul (Reuters) - Os Estados Unidos acreditam ter a oportunidade de fazer algo especial nesta Copa do Mundo e esquecer a sensação de dor de 2006, quando perderam para Gana, seu próximo adversário nas oitavas de final.

Os norte-americanos, que foram eliminados quatro anos atrás no último jogo da fase de grupos, vão encarar os africanos no sábado, depois de assumirem a liderança de seu grupo na quarta-feira com um gol dramático nos acréscimos contra a Argélia.

"Aquele não foi um bom dia para mim ou para o time, e o que lembro mais é de minha hesitação e do sentimento de encerramento e de decepção", disse Landon Donovan, autor do gol da classificação, sobre a última partida de quatro anos atrás na Alemanha.

"Já deixei isso para trás, mas esta é uma chance de fazer algo muito especial".

"Gana é a próxima, estamos cientes de que se ganharmos esse jogo vamos encarar Uruguai ou Coreia do Sul. Nem consigo expressar a importância dessa oportunidade, temos que aproveitá-la", completou.

Donovan disse que os jogadores irão se sentir menos pressionados em muitos sentidos no próximo jogo depois de alcançar o objetivo inicial de sobreviver à fase de grupos.

"Em muitos sentidos se tornou muito simples", disse ele, cercado por um número crescente de repórteres. "Há um jogo, você perde, vai para casa. Não há ramificações de outros jogos, outros resultados".

"Por isso a pressão desapareceu, e podemos simplesmente curtir. Acho que vamos jogar muito bem sob essas circunstâncias", declarou.

O técnico Bob Bradley disse que seu time agora tem a chance de se testar contra adversários mais fortes, e acrescentou que vão extrair forças da maneira como lidaram com a primeira fase.

"Há pressão para lidar com isso e encontrar uma maneira de seguir adiante", disse ele. "E quando você consegue, dá uma boa sensação, você fica pronto para encarar a fase eliminatória".