Costa do Marfim vence Coreia do Norte, mas se despede do Mundial

sexta-feira, 25 de junho de 2010 14:13 BRT
 

Por Peter Rutherford

NELSPRUIT (Reuters) - A Costa do Marfim, apontada como principal esperança africana antes do Mundial na África do Sul, derrotou a Coreia do Norte nesta sexta-feira, mas se despediu da Copa do Mundo.

Os marfinenses bateram os norte-coreanos por 3 x 0 em Nelspruit, mas precisavam vencer por uma diferença muito maior e ainda torcer por uma derrota de Portugal, que empatou com o Brasil na outra partida do Grupo G.

Deixando Salomon Kalou no banco inicialmente, a Costa do Marfim entrou em campo com um ataque de três pontas formado por Didier Drogba, Gervais Kouassi e Abdelkader Keita.

Drogba parecia concentrado e chegou a conferir de cabeça aos 11 minutos, mas seu gol foi anulado.

Yaya Touré abriu o placar para a equipe africana aos 14 minutos de jogo e, seis minutos depois, Romaric ampliou dando a impressão de que os marfinenses poderiam conseguir placar parecido com os 7 x 0 aplicado sobre a Coreia do Norte por Portugal. Mas o terceiro gol só saiu aos 37 do segundo tempo, com Salomon Kalou.

Apesar da eliminação, o técnico Sven-Goran Eriksson disse estar satisfeito com o desempenho de sua equipe.

"Mais uma vez, marcamos três gols e não sofremos nenhum", disse. "Estávamos em um grupo difícil. Acho que nos saímos bem e que os jogadores deveriam ficar orgulhosos de si mesmos".

Já o treinador norte-coreano, Kim Jong-hun, preferiu manter a fé na mesma escalação demolida por Portugal no jogo anterior.   Continuação...

 
<p>Ndri Romaric da Costa do Marfim comemora ap&oacute;s o segundo gol contera a Coreia do norte pelo Grupo G da Copa do Mundo. Apesar da vit&oacute;ria de 3 x 0, a equipe foi eliminada do Mundial pelo saldo de gols. REUTERS/Howard Burditt</p>