Brasil e Portugal ficam no 0 x 0 e se classificam

sexta-feira, 25 de junho de 2010 17:45 BRT
 

Por Pedro Fonseca

DURBAN (Reuters) - Brasil e Portugal levaram quase tantos cartões amarelos quanto deram chutes no gol em um jogo com os ânimos bastante exaltados, nesta sexta-feira, em que o empate de 0 x 0 classificou os brasileiros em primeiro lugar do grupo e também deu aos portugueses uma vaga nas oitavas de final.

Sete cartões amarelos foram mostrados, três para o Brasil e quatro para Portugal, e 29 faltas cometidas de ambas as partes, enquanto apenas oito chutes, cinco do Brasil e três de Portugal, tiveram a direção correta do gol.

Autor de uma das entradas mais duras do jogo - uma trombada de frente no luso-brasileiro Pepe -- o volante Felipe Melo foi substituído por Josué ainda no primeiro tempo, aos 44 minutos. Depois do jogo, o técnico Dunga disse que o substituiu porque o volante sofreu uma torção e não para evitar sua expulsão.

Além de Melo, também foram advertidos pelo árbitro mexicano Benito Archundia Luís Fabiano e Juan, o zagueiro por ter cortado com o braço um lançamento que deixaria Cristiano Ronaldo em boas condições de marcar.

Do lado de Portugal, os amarelos foram para Duda, Tiago, Fabio Coentrão e Pepe, este após uma entrada em Felipe Melo.

"Foi um jogo difícil, a equipe deles ficou atrás...foi duro até o final, com muitas faltas, um jogo truncado", disse Dunga em entrevista coletiva.

Questionado por que o primeiro tempo teve tantos lances duros, o técnico português, Carlos Queiroz, respondeu: "Tem que perguntar ao Brasil, não a nós".

Dunga rebateu: "Eu devolvo a pergunta para ele, porque o Brasil já estava classificado. Se você olhar os cartões amarelos já explica tudo".   Continuação...

 
<p>Cristiano Ronaldo de Portugal e L&uacute;cio da sele&ccedil;&atilde;o brasileira disputam durante jogo pelo Grupo G da Copa do Mundo. Com o empate de 0 x 0, as duas equipes est&atilde;o classificadas para as oitavas de final. REUTERS/Jose Manuel Ribeiro</p>