Federer se aproxima de sua melhor forma; irmãs Williams avançam

segunda-feira, 28 de junho de 2010 16:23 BRT
 

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) - Roger Federer permaneceu frio como uma geleira suíça nesta segunda-feira quente em Wimbledon, enquanto as irmãs Williams abriram caminho rumo a mais uma final.

O suíço vencedor de 16 Grand Slams, que busca igualar os sete títulos de Pete Sampras no gramado londrino, bateu o grande amigo Juergen Melzer em 6-3, 6-2 e 6-3 e foi para as quartas de final, nas quais enfrenta uma parada mais dura diante do tcheco Tomas Berdych.

Esperança da casa, Andy Murray tem sido o mais impressionante na chave masculina e também progrediu com uma vitória em 7-5, 6-3 e 6-4 sobre o perigoso norte-americano Sam Querrey.

Novak Djokovic chegou às quartas de final após quebrar a resistência do sempre tenaz Lleyton Hewitt em 7-5, 6-4, 3-6 e 6-4.

Na chave feminina, a número um Serena Williams pode ter jogado sua partida mais difícil do torneio. Ela salvou três set points e precisou de 19 aces até superar Maria Sharapova com parciais de 7-6 e 6-4.

A pentacampeã Venus também teve que lutar para resistir à australiana Jarmila Groth, cujo serviço quebrou no 10o. game. Mas Groth chegou a servir para o segundo set duas vezes antes de cair em 6-4 e 7-6.

A belga Kim Clijsters, voltando após uma ausência de quatro anos, passou sufoco diante da compatriota Justine Henin, que derrotou em 2-6, 6-2 e 6-3.

Henin, que também abandonou a aposentadoria recentemente, foi prejudicada por uma lesão no pulso sofrida após uma queda.