Eficiente, Brasil vence Chile e vai às quartas da Copa do Mundo

segunda-feira, 28 de junho de 2010 17:34 BRT
 

Por Pedro Fonseca

JOHANESBURGO (Reuters) - A seleção brasileira encontrou contra o Chile o cenário perfeito para colocar em prática seu futebol de eficiência e derrotou o rival sul-americano por 3 x 0, nesta segunda-feira, classificando-se para enfrentar a Holanda nas quartas de final da Copa do Mundo.

Juan e Luís Fabiano, no primeiro tempo, e Robinho, na etapa final, marcaram os gols que deram ao Brasil sua sexta vitória em seis jogos contra o Chile desde que Dunga assumiu a seleção brasileira e transformou a equipe num time mortal quando tem espaços para o contra-ataque.

Robinho, que marcou pela primeira vez no Mundial, foi eleito o melhor da partida.

"Estou feliz pelo gol. Poderia ter jogado melhor, sempre tem o que melhorar", disse o atacante, que fez seu oitavo gol contra o Chile. "Foi um adversário que sempre me deu sorte e graças a Deus hoje não foi diferente."

"(Contra a Holanda) será mais uma decisão, o time tem que melhorar, mas acho que estamos no caminho certo", completou.

Ao contrário de Coreia do Norte e Portugal, que se postaram na defesa e criaram dificuldade para o ataque brasileiro na primeira fase do Mundial, a seleção chilena foi a campo com três homens de frente, com a intenção de pressionar o Brasil em seu campo de defesa.

A estratégia de fato dificultou a saída de bola brasileira e deu aos chilenos oportunidades para chegar ao ataque, no entanto sem conseguir ameaçar o goleiro Julio César. Até os 30 minutos, a maior parte do jogo se desenrolava dentro do campo defensivo do Brasil.

Com Ramires e Daniel Alves no meio-campo, nos lugares dos lesionados Felipe Melo e Elano, o Brasil concentrava suas jogadas de ataque pela direita, apostando nas arrancadas do lateral Maicon.   Continuação...

 
<p>Robinho comemora gol em vit&oacute;ria de 3 x 0 do Brasil sobre o Chile pela Copa. REUTERS/Paulo Whitaker</p>