Kaká leva outro cartão e fica pendurado; Dunga se preocupa

segunda-feira, 28 de junho de 2010 20:14 BRT
 

Por Pedro Fonseca

JOHANESBURGO (Reuters) - Em três partidas na Copa do Mundo, Kaká levou três cartões amarelos. Depois de cumprir suspensão contra Portugal, o meia voltou a ser advertido pelo árbitro na vitória da seleção brasileira sobre o Chile, nesta segunda-feira, e vai disputar a partida contra a Holanda pelas quartas de final pendurado.

O camisa 10 do Brasil, que foi expulso contra a Costa do Marfim após levar dois cartões amarelos no fim do jogo, recebeu um cartão amarelo do árbitro Howard Webb após parar com falta uma jogada de ataque do Chile ainda no primeiro tempo, e disse que temeu ver outra vez um cartão vermelho.

"Hoje me preocupei, querendo ou não passa na cabeça que mais uma expulsão não seria legal, isso foi uma coisa que me preocupou durante o jogo", afirmou Kaká depois da partida no estádio Ellis Park, em que deu passe para Luís Fabiano fazer um dos gols na vitória brasileira por 3 x 0.

"Foi uma falta normal, minha primeira no jogo, acho que foi uma decisão severa do árbitro", defendeu-se o meia, que, se levar outro cartão amarelo contra a Holanda, não poderá disputar as semifinais em caso de classificação do Brasil.

O técnico Dunga reconheceu estar preocupado com a situação de seu principal jogador de meio-campo, e disse que pretende conversar com ele sobre a sequência de cartões -- algo raro na carreira do jogador de 28 anos, que antes da Copa do Mundo só tinha sido expulso duas vezes, ambas enquanto ainda jogava no São Paulo.

"Isso é um problema. Um jogador como Kaká ficar pendurado. Mas é um equívoco nessa Copa do Mundo: jogador técnico é punido. Jogador que bate, faz faltas seguidas, é agraciado", disse Dunga em entrevista coletiva.

"A gente tem que conversar com o Kaká. Ele também já sabe, se preocupa. Mas cada jogo é uma decisão. Temos que entrar para vencer sempre sem se preocupar muito, além da conta, com esse aspecto."

Além de Kaká, o volante Ramires também levou um cartão amarelo diante do Chile, seu segundo na competição, e está suspenso para o jogo contra a Holanda.

 
<p>Em tr&ecirc;s jogos, Kak&aacute; levou tr&ecirc;s cart&otilde;es amarelos: jogador preocupa Dunga. REUTERS/Paulo Whitaker</p>