Sindicatos rejeitam proposta de estatal elétrica sul-africana

quarta-feira, 30 de junho de 2010 07:40 BRT
 

JOHANESBURGO (Reuters) - Membros da União Nacional de Metalúrgicos da África do Sul (Numsa, na sigla em inglês) rejeitaram uma nova proposta de reajuste salarial da estatal de energia elétrica Eskom e seus membros planejam entrar em greve na semana que vem em meio à Copa do Mundo, disse um porta-voz do sindicato nesta quarta-feira.

"Os membros rejeitaram a oferta, e haverá uma ação maciça na semana que vem. Vamos entrar em greve conjuntamente com o outro sindicato", disse Castro Ngobese, porta-voz da Numsa, à Reuters.

A União Nacional dos Mineradores (NUM, na sigla em inglês), o maior sindicato de funcionários da Eskom, disse na terça-feira que seus membros entrarão em greve na semana que vem por conta da disputa salarial.

(Reportagem de James Macharia)