June 30, 2010 / 11:50 AM / in 7 years

Lesão tira Elano de jogo com Holanda e ameaça sequência na Copa

4 Min, DE LEITURA

<p>Elano durante coletiva de imprensa ao lado de Juan (fundo) e o m&eacute;dico da sele&ccedil;&atilde;o Jose Luis Runco.O meia desfalcar&aacute; a sele&ccedil;&atilde;o brasileira pela terceira vez seguida nesta Copa do Mundo na partida pelas quartas de final contra a Holanda. 30/06/2010Paulo Whitaker</p>

Por Pedro Fonseca

JOHANESBURGO (Reuters) - O meia Elano desfalcará a seleção brasileira pela terceira vez seguida nesta Copa do Mundo na partida das quartas de final contra a Holanda, e o médico da equipe afirmou, nesta quarta-feira, que o jogador depende da ajuda de "papai do céu" e da "natureza" para voltar a jogar na África do Sul.

Visivelmente abatido em entrevista coletiva ao lado do médico José Luis Runco no hotel onde a equipe está concentrada, Elano tentou manter o ânimo em alta apesar da contusão, um edema ósseo no tornozelo direito sofrido no segundo jogo do Brasil no Mundial, contra a Costa do Marfim.

"Eu estou com dor, querendo voltar para ajudar, e não posso", disse o jogador, titular da equipe no começo da competição. "Passei tanta dificuldade na minha vida, essa é mais uma pedra que está na minha frente. Estou machucado agora, mas posso melhorar."

Mas, de acordo com Runco, a recuperação do meia pode levar até um mês, o que significa que dificilmente ele terá condições de voltar a jogar no Mundial, cuja final será realizada no dia 11 de julho.

"Conto com ajuda de papai do céu. O que a gente pode fazer é tratá-lo e esperar que a natureza possa ajudar a absorver o edema", afirmou Runco a jornalistas. "(Ele) não joga na próxima sexta-feira. Vamos fazer o que se chama na medicina de menu a la carte, cada dia vamos avaliar como vai evoluir."

Elano, que marcou gols nos dois primeiros jogos da seleção brasileira no Mundial --2 x 1 na Coreia do Norte e 3 x 1 na Costa do Marfim-- deixou o campo carregado após sofrer entrada violenta de Ismael Tioté na partida contra os marfinenses, no dia 20 de junho.

Inicialmente, o médico a comissão técnica do Brasil garantiram que a contusão sofrida pelo jogador não preocupava, mas Elano ficou de fora das duas partidas seguintes da seleção brasileira, o empate em 0 x 0 com Portugal e o jogo das oitavas de final contra o Chile, vitória brasileira por 3 x 0.

Até terça-feira o jogador vinha sendo avaliado apenas clinicamente, e só foi submetido a um exame de imagem após ter abandonado o treinamento da equipe no Randpark Golf Club reclamando de dores no local atingido.

"Ontem (terça-feira) ele iniciou de novo o trabalho visando a partida, e no momento que forçou um pouco mais, se queixou de novo que tinha um incômodo. Partiu para fazer um exame de imagem, e o que temos no Elano é um edema no osso", disse Runco na entrevista, explicando que o osso está "inchado por dentro".

Apesar da contusão, o jogador continuará concentrado com o restante da equipe, mas passará a treinar em separado, sem bola, enquanto aguarda a evolução da contusão.

Sem Elano, o técnico Dunga terá problemas para escalar o meio-campo da seleção brasileira para o jogo contra a Holanda, na sexta-feira, uma vez que o também titular Felipe Melo está machucado (torção no tornozelo) e Ramires está suspenso.

Josué, que substituiu Felipe Melo quando o volante saiu de campo machucado contra Portugal, é o nome mais provável para ganhar a vaga na cabeça-de-área da equipe ao lado de Gilberto Silva. Para o lugar de Elano, Daniel Alves continuaria como titular, como aconteceu nos últimos dois jogos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below