Copa do Mundo não teve casos de doping, diz Fifa

quarta-feira, 30 de junho de 2010 18:05 BRT
 

JOHANESBURGO (Reuters) - Um total de 208 exames de jogadores após as primeiras 52 partidas da Copa do Mundo deram negativo, disse nesta quarta-feira o médico-chefe da Fifa, Jiri Dvorak.

Dois jogadores por equipe foram submetidos a exames logo depois de cada jogo e não foram encontrados rastros de substância proibidas em nenhum deles.

O Mundial não tem histórico de casos de doping desde 1998.