Alemanha não 'tremerá' perante a Argentina, diz técnico Loew

sexta-feira, 2 de julho de 2010 11:41 BRT
 

Por Karolos Grohmann

CIDADE DO CABO (Reuters) - O técnico alemão Joachim Loew não perderá tempo com "truques motivacionais" na véspera da partida de quartas de final contra a Argentina no sábado -- seu time já está empolgado o suficiente.

As duas seleções reconhecidamente mais empolgantes do Mundial até o momento se enfrentam por uma vaga na semifinal a partir das 11h (horário de Brasília).

Lukas Podolski e Mesut Ozil parecem prontos para jogar pela Alemanha e treinam nesta sexta-feira, mas o atacante Cacau ainda é dúvida.

"Não iremos tremer no vestiário, torcendo para que o árbitro demore para começar o jogo", disse Loew aos repórteres.

"Sei que em partidas assim, contra a Inglaterra (na fase de grupos) e a Argentina, não preciso ajudar os jogadores com quaisquer truques motivacionais."

"Todos estão plenamente motivados, e quando entrarmos em campo estarão prontos", afirmou Loew sobre a mais jovem equipe alemã desde 1934, cuja idade média é de 25 anos.

O treinador de 50 anos também desdenhou a guerra de palavras que irrompeu nos últimos dias, quando os jogadores alemães chamaram os argentinos de injustos, desrespeitosos e maus perdedores.

Bastian Schweinsteiger e o capitão Philipp Lahm se referiam à quarta de final de 2006 na Alemanha, quando a vitória do time local sobre a seleção sul-americana nos pênaltis desencadeou uma briga envolvendo jogadores, técnicos e membros das delegações dos dois lados.   Continuação...