Duas pessoas são presas por vender ingressos ilegais da Copa

sexta-feira, 2 de julho de 2010 15:21 BRT
 

Por Tiisetso Motsoeneng

JOHANESBURGO (Reuters) - A polícia sul-africana prendeu duas pessoas acusadas de vender ingressos da Copa do Mundo ilegalmente, disseram autoridades nesta sexta-feira.

Durante a batida policial, foram apreendidos laptops e 122 ingressos em um hotel de Johanesburgo. Uma das pessoas era britânica e a outra um zimbabuano detentor de passaporte norte-americano.

Os cambistas estão tirando proveito do evento esportivo mais assistido do mundo e vendendo ingressos para a final por até 4 mil dólares.

As duas pessoas acusadas compareceram a uma corte especial da Copa do Mundo na quinta-feira, onde foram liberadas sob fiança de 15 mil rands (1.940 dólares) cada. Elas terão nova audiência no dia 28 de julho.