Imprensa argentina reflete "desilusão" com seleção após derrota

domingo, 4 de julho de 2010 14:05 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - Jornais argentinos expressavam neste domingo "desilusão" com a dura derrota da seleção de Diego Maradona ante a Alemanha por 4 x 0 nas quartas de final da Copa do Mundo.

A Argentina, campeã mundial em 1978 e 1986, recebeu um duro golpe no sábado quando a Alemanha se impôs com autoridade com dois gols de Miroslav Klose, e um de Arne Friedrich e outro de Thomas Muller.

O jornal La Nación destacou na capa "O pior final para uma ilusão", o Clarín disse "Acabou um sonho" e o Página 12 afirmou "A ilusão desmoronou com quatro pancadas", em referência aos gols alemães.

"Nos cortaram as veias", destacou o jornal esportivo Olé, com uma foto de Messi abraçado por Maradona.

Em suas análises, a imprensa foi dura com a seleção argentina e sinalizou que a derrota de sábado foi "um duro tapa de realidade", indicando que a Alemanha soube aproveitar as deficiências da equipe.

Os jornais também destacaram o desempenho de Lionel Messi, eleito o melhor jogador do mundo e que deixou a África do Sul sem marcar nenhum gol.

"Falhou a aposta na magia" era o título de uma análise do Clárin sobre as expectativas geradas ao redor do jogador do Barcelona.

(Reportagem de Karina Grazina)