Trabalho de equipe é a solução, diz holandês Van Persie

domingo, 4 de julho de 2010 16:47 BRT
 

Por Theo Ruizenaar

CIDADE DO CABO (Reuters) - Times cuja estratégia na Copa do Mundo depende dos grandes nomes são coisa do passado, afirmou o atacante holandês Robin van Persie.

Sua seleção chegou à semifinal e enfrenta o Uruguai na terça-feira, e Alemanha e Espanha disputam a outra vaga de semifinalista no dia seguinte.

Mas todos os chamados 'grandes nomes' do futebol, como o brasileiro Kaká, o inglês Wayne Rooney, o português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi já foram eliminados do torneio.

Van Persie declarou neste domingo que não se pode mais depender de um ou dois jogadores para conquistar o Mundial, como pode ter sido no passado.

"Pode ter sido assim com Maradona, embora ele tenha recebido muita ajuda," disse Van Persie a repórteres. "Não é tão fácil se concentrar como time em um jogador."

"Vendo outras seleções como a nossa, Alemanha e Espanha, é óbvio que o time precisa fazer tudo junto."

"Inglaterra e Portugal depositaram suas esperanças em Rooney e Ronaldo (e fracassaram), mas isso é uma bênção para o futebol."