Schweinsteiger diz que só quer voltar a Berlim com a taça

segunda-feira, 5 de julho de 2010 11:44 BRT
 

Por Simon Evans

ERASMIA, África do Sul (Reuters) - Centenas de milhares de torcedores alemães estarão esperando a volta de sua seleção a Berlim, e o meio-campista Bastian Schweinsteiger não quer chegar à capital novamente sem um troféu.

A Alemanha enfrenta a campeã europeia Espanha na semifinal de quarta-feira, esperando superar a fase na qual foi eliminada no Mundial que sediou em 2006 e a derrota para os espanhóis na final da Euro 2008.

Os alemães têm se reunido em grandes multidões nas 'Fan Fests' -- exibições de jogos em telões ao ar livre -- para mostrar seu apoio maciço à seleção. Como em 2006 e 2008, os jogadores devem ir ao Portão de Brandemburgo após o torneio para agradecê-los.

"Voltar a Berlim para comemorar diante de centenas de milhares foi especial. Em 2006 terminamos em terceiro e fomos segundo em 2008. Fica claro que está faltando alguma coisa, e esperamos preencher esse vazio", disse Schweinsteiger nesta segunda-feira.

"Não quero voltar para lá sem nada para mostrar -- já fiz isso duas vezes", declarou.

Os alemães foram inferiores na final de dois anos atrás em Viena, mas Schweinsteiger acredita que, se é verdade que a Espanha continua sendo o melhor time europeu, a Alemanha ganhou terreno.

"Perder uma final sempre causa frustração e decepção, mas a Espanha definitivamente foi a melhor", admitiu.

"Mesmo tendo vencido só por 1 x 0, eles tiveram muitas chances, e para ser honesto aos 25 do segundo tempo poderíamos ter dado tudo por encerrado, porque não conseguíamos mais reagir".   Continuação...

 
<p>Bastian Schweinsteiger da sele&ccedil;&atilde;o alem&atilde; durante coletiva de imprensa em Pret&oacute;ria. O meio-campista Bastian Schweinsteiger n&atilde;o quer voltar a Berlim novamente sem um trof&eacute;u. 05/07/2010 REUTERS/Ina Fassbender</p>