Novo técnico terá que formar já seleção para 2014, diz Teixeira

segunda-feira, 5 de julho de 2010 17:11 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O novo técnico da seleção brasileira fará uma renovação na equipe e deve basear suas convocações em jogadores que terão condições de disputar a Copa do Mundo de 2014, disse nesta segunda-feira o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira.

O treinador, que deverá ser anunciado até o fim do mês, vai comandar também a equipe olímpica e não dividirá suas funções na seleção com a de um clube, disse o dirigente em entrevista à SporTV um dia depois de ter demitido Dunga e toda a sua comissão técnica.

"Ou formamos uma seleção nova ou formamos uma seleção nova. Não tem outra opção", afirmou ele, acrescentando que o treinador poderá chamar atletas experientes, desde que esses possam estar no Mundial que será sediado pelo Brasil.

A primeira partida do novo técnico será um amistoso em 10 de agosto contra os Estados Unidos.

"Quero que comece com o time que pode estar em 14. Não interessa ganhar dos Estados Unidos. Esse não é o objetivo", afirmou Teixeira, que admitiu que os resultados no começo do trabalho podem não ser bons, mas serão respaldados pela CBF.

"Essa seleção que será formada precisa de paciência...porque vai ser iniciado novo processo que pode gerar maus resultados."

Depois da demissão de Dunga, eliminado com o Brasil nas quartas de final da Copa da África do Sul, Teixeira busca um novo técnico e, para isso, ele afirma "ouvir muito". O dirigente disse que escuta o que a mídia e torcedores falam para decidir.

Sem citar nomes, Teixeira disse que será uma pessoa para comandar a equipe ao menos nos próximos cinco anos. "O importante é ter uma conversa e combinar todo o processo."

"TIME NERVOSO"   Continuação...