Uruguai caiu com dignidade, afirma técnico

terça-feira, 6 de julho de 2010 19:21 BRT
 

Por Rex Gowar

CIDADE DO CABO (Reuters) - A seleção uruguaia, último time a se classificar para a Copa do Mundo, carregou a bandeira sul-americana por mais tempo no torneio, antes de ser eliminada pela Holanda, por 3 x 2, na semifinal desta terça-feira.

A odisseia de dois anos e 20 partidas das eliminatórias, repleta de altos e baixos, levou o Uruguai para a África do Sul apenas depois da disputa de uma repescagem contra a Costa Rica.

"Se eu tivesse que escolher uma forma de perder, escolheria desta forma", disse o técnico Oscar Tabárez depois que sua equipe manteve o resultado da semifinal em dúvida até o apito final.

"Esta foi outra oportunidade para mostrarmos as intenções do Uruguai, jogar de igual para igual acima e abaixo de nossas limitações", acrescentou ele em entrevista coletiva no Green Point Stadium.

"O jogo de sábado é importante para nós neste sentido", disse o treinador sobre a disputa pelo terceiro lugar em Port Elizabeth.

"Quando você olha para trás, podemos dizer que estamos entre os quatro semifinalistas, e os outros três são potências da Europa."

A Copa do Mundo terá um campeão europeu em continente estrangeiro pela primeira vez. A Holanda enfrentará no domingo Alemanha ou Espanha.

Após quatro times sul-americanos chegarem às quartas de final, apenas o Uruguai avançou à semi --Brasil, Argentina e Paraguai ficaram pelo caminho.   Continuação...

 
<p>T&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o uruguaia, Oscar Tabar&eacute;z, no jogo de semifinal da Copa contra a Holanda, na Cidade do Cabo. A sele&ccedil;&atilde;o uruguaia carregou a bandeira sul-americana por mais tempo no torneio, antes de ser eliminada pela Holanda, por 3 x 2. 06/07/2010 REUTERS/Mike Hutchings</p>