Domínio do meio-campo decidiu, afirma Del Bosque

quarta-feira, 7 de julho de 2010 20:30 BRT
 

Por David Clarke

DURBAN (Reuters) - Dominar o meio-campo com jogadores experientes e talentosos foi o fator decisivo na merecida vitória de 1 x 0 da Espanha sobre a Alemanha na semifinal da Copa do Mundo, na quarta-feira, na opinião do treinador Vicente del Bosque.

Como nos seus cinco jogos anteriores nesta Copa, a Espanha atacou incessantemente e controlou a posse de bola, enquanto o meio-campo alemão sofria para repetir a fluidez que havia demolido Argentina e Inglaterra nos jogos anteriores.

"É sempre baseado na qualidade das pessoas no meio-campo. É um bom meio-campo, organizado, e se você tem ordem pode realmente exibir talento individual", disse o treinador na entrevista coletiva pós-jogo.

"Temos grandes jogadores, excelentes jogadores, boa substância, e isso torna tudo mais fácil. Estou dirigindo um grupo de jovens que são experientes no futebol mundial."

Xavi, escolhido melhor em campo, esteve envolvido nos melhores ataques espanhóis, liberando a bola pelos flancos e disparando longos passes em profundidade. Foi ele quem bateu o escanteio cabeceado por Carles Puyol para o fundo das redes, selando o melhor resultado da Espanha nas 13 Copas de que participou.

"Buscamos a melhor forma de jogar, pegar a bola, mantê-la, e manter a bola durante a partida inteira. Nossos jogadores cumpriram a tarefa de forma magnífica", acrescentou Del Bosque.

Xavi elogiou a atuação dos colegas e disse que a "Roja" se sentiu confortável em campo. "Estou muito feliz. Acho que foi merecido. A equipe fez um grande trabalho, dominamos o jogo, e a personalidade espanhola se impôs", afirmou. "Nós nos sentimos muito à vontade no campo. É isso que queremos, é isso que procuramos."

A Espanha disputa o título da Copa no domingo, contra a Holanda.

 
<p>O jogador espanhol Carles Puyol comemora seu gol com Xavi e outros colegas de time na partida contra a Alemanha na semifinal da Copa do Mundo de 2010. Em Durban, 7 de julho de 2010. REUTERS/Jerry Lampen</p>