July 8, 2010 / 7:24 PM / in 7 years

Romário espera um "Brasil melhor" para a Copa de 2014

3 Min, DE LEITURA

<p>Rom&aacute;rio no lan&ccedil;amento do logo da Copa de 2014 em Johanesburgo, 8 de julho de 2010. Os preparativos para a Copa do Mundo de 2014 poder&atilde;o fazer com que o Brasil melhore como pa&iacute;s, disse Rom&aacute;rio.Radu Sigheti</p>

JOHANESBURGO (Reuters) - Os preparativos para a Copa do Mundo de 2014 poderão fazer com que o Brasil melhore como país, disse nesta quinta-feira o ex-atacante Romário.

O Brasil será sede do próximo Mundial, que será disputado na América do Sul pela primeira vez desde 1978.

"Confio que os responsáveis por organizar a Copa deixem um Brasil melhor para todos. Até 2014 há tempo suficiente para mudar algumas coisas", declarou Romário em uma coletiva de imprensa na qual se falou sobre o próximo Mundial.

"O mais importante a mudar é o relativo à violência e à segurança. A Copa vai ser totalmente positiva", acrescentou o campeão do mundo com a seleção de 1994.

O Brasil conquistou em 2007 a possibilidade de ser a sede da Copa em uma eleição sem concorrentes e graças ao sistema de rotação continental da Fifa, que não é mais utilizado.

Uma das maiores preocupações para o próximo torneio logo de saída são os altos níveis de violência do país, como ocorreu antes da Copa da África do Sul.

Outro problema é a infraestrutura, especialmente hoteleira, e os aeroportos do país, que não estão em condições de suportar um evento esportivo de grande envergadura.

Dois anos depois do Mundial, o Rio de Janeiro será sede dos Jogos Olímpicos, os primeiros na América do Sul.

O Rio já havia começado a trabalhar em programas para melhorar a segurança frente a estes dois eventos.

Romário deixou claro que o Brasil deve melhorar as fracas atuações das duas últimas Copas, nas quais o time foi eliminado nas quartas de final.

"A festa não é de quem faz o Mundial, mas de quem o ganha. Devemos fazer um papel melhor que nos últimos dois Mundiais", observou o ex-jogador do Barcelona e do Valência, da Espanha.

"O ambiente para a Copa será o melhor. O mais importante é que o Brasil seja campeão (...) o Brasil espera fazer a melhor Copa de todos os tempos e acredito que vai conseguir", acrescentou.

Romário confessou estar dividido quanto à final de domingo na África do Sul por ter atuado nas ligas dos dois finalistas, Holanda e Espanha.

"Meu coração está um pouco dividido neste momento. É complicado dizer qual equipe sairá campeã", disse ele, que atuou no PSV Eindhoven holandês.

"Estas são as seleções que melhor representaram o futebol tecnicamente. Com ambas na final, ganha o futebol".

Reportagem de Javier Leira

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below