Bruno Senna voltará a correr após Silverstone, diz equipe

sexta-feira, 9 de julho de 2010 11:52 BRT
 

Por Alan Baldwin

SILVERSTONE, Inglaterra (Reuters) - O piloto brasileiro Bruno Senna foi descartado para o Grande Prêmio da Inglaterra neste domingo, mas correrá no restante da temporada, informou sua equipe nesta sexta-feira.

A espanhola HRT afastou Senna abruptamente na quinta-feira, inscrevendo o piloto reserva e de testes Sakon Yamamoto ao lado do indiano Karun Chandhok.

Entretanto, a escuderia disse nesta sexta que Bruno, sobrinho do falecido tricampeão Ayrton Senna, voltará na segunda parte da atual temporada.

"A HRT decidiu dar uma oportunidade a... Sakon Yamamoto nesta corrida", destacou um comunicado.

"O time deseja confirmar que Bruno Senna tem todo o apoio da equipe espanhola, que continua como um dos pilotos oficiais da Hispania Racing HRT F1 e continuará a pilotar nas provas restantes", acrescentou a nota.

Especulou-se nos boxes de Silverstone na quinta-feira que a falta de pagamento de patrocinadores seria a razão da mudança de pilotos.

A HRT é uma das três novas equipes que debutaram nesta temporada e luta tanto quanto as outras para conseguir financiamento.

A escuderia possui poucas esperanças de marcar um ponto sequer em 2010 e tem como prioridade terminar as corridas.

Yamamoto, que conta com apoio financeiro, largou em 14 provas entre 2006 e 2007 pelas extintas Super Aguri e Spyker --então chefiada por Colin Kolles-- sem marcar nenhum ponto, e tampouco se saiu bem nos treinos desta sexta.

O japonês, que comemora seu 28o aniversário nesta sexta-feira, também participou dos treinos livres para o GP da Turquia em maio.

 
<p>Piloto Bruno Senna em coletiva de imprensa durante o Grande Pr&ecirc;mio de Melbourne em mar&ccedil;o. O brasileiro foi descartado para o Grande Pr&ecirc;mio da Inglaterra neste domingo, mas correr&aacute; no restante da temporada, informou sua equipe nesta sexta-feira. 25/03/2010 REUTERS/Mick Tsikas/Arquivo</p>