É hora de Espanha chegar ao topo, diz Xavi

sábado, 10 de julho de 2010 18:02 BRT
 

Por Simon Evans

JOHANESBURGO (Reuters) - É chegada a hora de a Espanha assumir seu lugar no topo do futebol mundial ao bater a Holanda na final da Copa do Mundo, no domingo, disse o meio-campista Xavi na véspera do confronto.

A campeã europeia é favorita para vencer os holandeses no Soccer City, mas o influente Xavi disse que a seleção precisa prestar atenção aos detalhes do que promete ser um confronto apertado e tático.

"O futebol ao redor do mundo é muito parecido, muito equilibrado. São os detalhes que podem ser decisivos", afirmou ele ao ser perguntado se a Espanha estava prestes a assumir a posição de países que estão há anos entre os grandes do futebol, como Brasil e Itália.

"Se houver uma mudança na ordem mundial, espero que seja em favor da Espanha. É hora de a Espanha assumir seu lugar no topo e eu acredito que esta geração de jogadores merecem isso", disse.

"Estamos ansiosos para começar a partida e mostrar o melhor da Espanha. Estamos entusiasmados e motivados. Será um jogo histórico para nós e queremos aproveitar o momento", acrescentou.

A Holanda chega à final tendo vencido todos os seus jogos no torneio e todas as partidas das eliminatórias e, assim como a Espanha, construiu seu sucesso com uma linha de frente flexível e inteligente troca de passes.

"A Holanda joga de uma maneira muito parecida com a nossa e será uma final muito equilibrada. Teremos de ser muito cuidadosos com cada detalhe amanhã, com certeza", declarou Xavi.

"Não acho que o jogo será decidido no meio-campo, mas o time que tiver maior posse de bola, definitivamente terá quase vencido a batalha. Vamos tentar impor nosso estilo", acrescentou o jogador de 30 anos.

Enquanto a Espanha tem apresentado um futebol de posse de bola impressionante, ao mesmo tempo tem tido dificuldades de criar e converter chances.

"Estamos nos sentindo muito confortáveis com nosso futebol e criação de chances. Talvez a porcentagem não tenha sido tão alta como o usual, então, vamos ver se poderemos aumentar a porcentagem no domingo", disse ele.

 
<p>O meio-campista espanhol Xavi no est&aacute;dio de Loftus Versfeld em Pret&oacute;ria, 24 de junho de 2010. &Eacute; chegada a hora de a Espanha assumir seu lugar no topo do futebol mundial ao bater a Holanda na final da Copa do Mundo, no domingo, disse Xavi. REUTERS/Marcelo del Pozo</p>