Argentina quer renovar contrato de Maradona até 2014

quinta-feira, 15 de julho de 2010 10:05 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - A Associação de Futebol Argentino ofereceu a Diego Armando Maradona dirigir a seleção do país até o Mundial de 2014 no Brasil, disse o porta-voz da AFA, Ernesto Cherquis Bialo.

A proposta será feita oficialmente em uma reunião entre Maradona e o presidente da AFA, Julio Grondona, antes da próxima quarta-feira, informou.

"O presidente da AFA vai lhe pedir um informe, um balanço, e um projeto para retomar o vínculo contratual por outros quatro anos, que unirão o (Mundial de) 2010 com o apito final do último jogo, (...) esperemos, do Brasil em 2014", disse na quarta-feira Cherquis Bialo.

O comitê executivo da AFA, integrado pelos representantes de todos os clubes argentinos, esteve reunido durante mais de três horas no centro esportivo da seleção argentina.

"Foi uma decisão unânime oferecer a Maradona quatro anos de contrato e no máximo na quarta-feira haverá uma reunião e depois dessa reunião o comitê executivo saberá o que pensa Maradona, qual é o balanço, a avaliação, e o projeto futuro de Diego", explicou.

Bialo explicou que Grondona e Maradona entraram em contato em uma ocasião em que ambos voltavam separadamente da África do Sul. O porta-voz explicou também que o único nome que esteve presente na reunião foi o de Maradona e que não existe um "plano B".

"Não existem alternativas previstas. Existe uma conversa pendente que será não antes de terça-feira e não passará da próxima quarta-feira. O presidente e Diego (Armando) Maradona falarão como têm feito em todo o ciclo (desde novembro de 2008) e se definirá o futuro depois da reunião do comitê", indicou.

Maradona colocou em dúvida sua continuidade ao dizer que não se sentia com forças para seguir depois de perder nas quartas de final do Mundial contra a Alemanha por 4 x 0, declaração que provocou o apoio de torcedores, dirigentes, jogadores e políticos, inclusive a presidente argentina, Cristina Kirchner.

A Argentina, que não pode completar o sonho de ganhar um terceiro título depois dos conquistados em 1978 e 1986, jogará no dia 11 de agosto um amistoso contra a Irlanda em Dublin. Se aceitar sua continuidade como técnico, Maradona deverá entregar no dia 27 de julho a lista de jogadores convocados para essa partida.

 
<p>T&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o argentina, Diego Maradona, antes do jogo de quartas de final contra a Alemanha. A Associa&ccedil;&atilde;o de Futebol Argentino ofereceu a Maradona dirigir a sele&ccedil;&atilde;o at&eacute; o Mundial de 2014 no Brasil. 03/07/2010 REUTERS/Dylan Martinez</p>