CAS mantém medalhas do revezamento dos EUA em Sydney-2000

sexta-feira, 16 de julho de 2010 16:29 BRT
 

LAUSANNE, Suíça (Reuters) - Sete integrantes da equipe feminina norte-americana de revezamento 4x100 e 4x400 das Olimpíadas de 2000 poderão manter suas medalhas dos Jogos de Sydney, disse a Corte de Arbitragem do Esporte (CAS, na sigla em inglês) nesta sexta-feira.

A determinação reverte uma decisão do comitê executivo do Comitê Olímpico Internacional (COI) de 2008 que havia retirado as medalhas das atletas após Marion Jones, que integrava a equipe, ter admitido o uso de substâncias proibidas durante os Jogos.

A equipe norte-americana de revezamento 4x100 foi medalha de bronze e o time de 4x400 foi ouro. Jones correu em ambas as categorias e teve canceladas todas as cinco medalhas que conquistou em Sydney.

Sete integrantes das equipes apelaram e a CAS disse que a decisão do COI foi revertida baseada em regras válidas na época do COI e da Associação Internacional das Federações de Atletismo (Iaaf).

O COI disse estar desapontado com a decisão desta sexta-feira.

"O resultado do apelo das atletas é desapontador e especialmente infeliz para as atletas de outros times que competiram de acordo com as regras", disse o COI em comunicado.

Em nota à imprensa, a CAS disse que "o resultado desta decisão pode ser injusto para outras equipes de revezamento que completaram a prova sem atletas dopados ajudando em suas performances; no entanto, tal resultado depende exclusivamente das regras decretadas ou não decretadas pelo COI e pela Iaaf no momento".

(Por Gene Cherry)