Martino continuará como técnico do Paraguai por 4 anos

sexta-feira, 16 de julho de 2010 16:56 BRT
 

ASSUNÇÃO (Reuters) - O técnico da seleção paraguaia de futebol, Gerardo Martino, disse nesta sexta-feira que chegou a um acordo com os dirigentes para continuar à frente da equipe por mais quatro anos, com uma revisão depois da Copa América de 2011.

Martino comandou o Paraguai durante as eliminatórias para o Mundial e o torneio na África do Sul, onde a equipe se classificou pela primeira vez às quartas de final.

"Falei na quarta-feira com o presidente (da Associação Paraguaia de Futebol), depois falei com (o diretor de seleções) Horacio (Cartes) e disse que íamos continuar", disse Martino à rádio Primero de Marzo desde Rosário, na Argentina.

"Como dissemos sempre, um acordo por quatro anos...depois da Copa América nos sentamos para ver como continua", acrescentou o treinador de 47 anos, que também confirmou ter rejeitado uma oferta da Arábia Saudita.

O Paraguai ganhou o Grupo F da primeira fase do Mundial, avançando junto com a Eslováquia para as oitavas, fase em que derrotou o Japão nos pênaltis. Nas quartas, o time paraguaio perdeu para a campeã Espanha por 1 x 0.

Martino assumiu a seleção em 2007.

"São muitos anos que estamos juntos e me parece que é importante que tenhamos uma evolução depois de cada torneio importante. Temos feito todos juntos um bom processo", disse o técnico.

O Paraguai tem previsto um amistoso dia 11 de agosto contra um rival ainda não definido, em uma homenagem à seleção pelas conquistas recentes e ao atacante Salvador Cabañas, que se recupera após levar um tiro na cabeça no México.

(Reportagem de Daniela Desantis)

 
<p>T&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o paraguaia Gerardo Martino continuar&aacute; no cargo por mais quatro anos. 29/06/2010 REUTERS/Dylan Martinez</p>