Berlusconi obriga novo técnico do Milan a jogar como ele mandar

terça-feira, 20 de julho de 2010 15:22 BRT
 

Por Mark Meadows

MILANELLO, Itália (Reuters) - Silvio Berlusconi já mostrou ao novo técnico do Milan, Massimiliano Allegri, quem é que manda no clube, ao determinar que o clube jogue com mais de um atacante nesta temporada, ao contrário do que aconteceu no último campeonato.

Em uma entrevista coletiva no primeiro dia da pré-temporada do clube do qual é o proprietário, o primeiro-ministro italiano respondeu a todas as perguntas e deixou o ex-treinador do Cagliari e vários integrantes da comissão técnica em silêncio absoluto.

Berlusconi fez várias brincadeiras, mas estava falando bastante sério quando disse ao novo treinador quais táticas ele deve usar. Na temporada passada, o dirigente teve seguidos desentendimentos com o treinador brasileiro Leonardo a respeito da forma da jogar do clube, que terminou a temporada sem nenhum título.

"Não queremos ver apenas um homem de frente. Para vencer você precisar marcar. Para ter chances você precisa ter atacantes próximos do gol", disse Berlusconi em uma entrevista coletiva lotada, acrescentando que ele não foi muito ao San Siro no campeonato passado porque estava muito insatisfeito com a forma de jogar do time.

"Eu gostava muito do Leonardo, mas eu discordava dele em como escalar o time. Ronaldinho deve jogar atrás dos atacantes, mesmo que ele tenha tendência de cair pela esquerda."

O brasileiro Ronaldinho Gaúcho tem sido citado na mídia como possível alvo de uma transferência, mas Berlusconi demonstrou confiança que o jogador vai seguir no clube.

"Ele é a atração número 1 do Milan", disse. "Ronaldinho não quer sair. Tenho certeza que ele está feliz aqui."

Os futuros do volante Gennaro Gattuso e do atacante Klaas Jan Huntelaar estão mais incertos, no entanto, uma vez que o Milan deseja renovar a equipe.

"Eu ficaria feliz se Gattuso ficasse, mas nós não somos contra as pessoas que desejam sair", acrescentou Berlusconi. "Não podemos excluir (a venda de Huntelaar), mesmo tendo certeza das qualidades dele como principal atacante."

Berlusconi, de 73 anos, chegou de helicóptero e recepcionou os novos contratados Mario Yepes, Marco Amelia e Sokratis Papastathopoulos.

 
<p>Novo t&eacute;cnico do Milan, Massimiliano Allegri, ao lado do presidente Silvio Berlusconi no primeiro dia de treinamento da temporada. Berlusconi j&aacute; mostrou ao novo t&eacute;cnico quem &eacute; que manda, ao determinar que o clube jogue com mais de um atacante nesta temporada. 20/07/2010 REUTERS/Assessoria de imprensa do AC Milan/Divulga&ccedil;&atilde;o</p>