Mano Menezes será novo técnico da seleção brasileira, diz fonte

sexta-feira, 23 de julho de 2010 22:18 BRT
 

Por Pedro Fonseca

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O técnico do Corinthians, Mano Menezes, aceitou o convite da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para ser o novo técnico da seleção brasileira até a Copa do Mundo de 2014, disse uma fonte diretamente ligada à negociação nesta sexta-feira.

De acordo com a CBF, o treinador foi convidado pelo presidente da entidade, Ricardo Teixeira, e vai anunciar sua resposta de forma oficial numa entrevista coletiva sábado de manhã, após treino do Corinthians, em São Paulo.

"A CBF não divulgaria uma entrevista coletiva para ele dizer não", disse a fonte sob condição de anonimato.

O próprio Teixeira deixou claro que conta com Mano Menezes como substituto de Dunga. Em nota oficial, o dirigente afirmou que o treinador será o responsável por comandar a equipe no amistoso do dia 10 de agosto contra os Estados Unidos, em Nova Jersey.

"O que determinou a escolha foi o entendimento de que é necessária uma imediata renovação na seleção brasileira, o que o Mano Menezes iniciará já na convocação para o amistoso", disse Teixeira, referindo-se ao primeiro compromisso do novo treinador brasileiro.

O convite a Mano, de 48 anos, foi feito depois que a confederação fracassou na tentativa de chegar a um acordo com o treinador do Fluminense, Muricy Ramalho, que era a primeira opção da entidade para substituir Dunga.

Muricy, que se reuniu com Teixeira na manhã de sexta-feira para ouvir o convite, decidiu cumprir seu contrato com o Fluminense, que foi renovado recentemente até dezembro de 2012.

"A CBF convidou Muricy Ramalho, nesta sexta-feira pela manhã, para ser o técnico da seleção brasileira. No final da tarde, Muricy Ramalho respondeu dizendo que não poderia aceitar o convite, em virtude de não ter sido liberado pelo Fluminense, o clube com o qual tem contrato", informou a CBF em nota.   Continuação...

 
<p>Mano Menezes, t&eacute;cnico do Corinthians, participa de um treino em Bogot&aacute;, na Col&ocirc;mbia, em mar&ccedil;o. Ele foi convidado nesta sexta-feira pela Confedera&ccedil;&atilde;o Brasileira de Futebol (CBF) para ser o novo t&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o brasileira at&eacute; a Copa do Mundo de 2014 e, segundo uma fonte diretamente ligada &agrave; negocia&ccedil;&atilde;o, teria aceitado. 09/03/2010 REUTERS/John Vizcaino</p>