McLaren quer superar Ferrari como marca número 1 da categoria

sábado, 24 de julho de 2010 15:19 BRT
 

Por Alan Baldwin

HOCKENHEIM, Alemanha (Reuters) - A McLaren deseja superar a glamurosa Ferrari no quesito marca líder da Fórmula 1 nos próximos 20 anos, afirmou Martin Whitmarsh, chefe da escuderia.

O britânico de 52 anos, que assumiu o posto de Ron Dennis na temporada passada, disse aos repórteres no GP da Alemanha que o que parecia ser uma fantasia pode se tornar realidade durante sua vida.

A McLaren, sugeriu ele, estava montando uma onda de apoio comandada pelos pilotos ingleses Lewis Hamilton e Jenson Button, os últimos dois campeões mundiais que estão na primeira e segunda colocações, respectivamente, na tabela geral.

"A maior marca da Fórmula 1 hoje é a Ferrari, eu reconheço e aceito isto". declarou Whitmarsh aos repórteres no 'Centro de Marca' da McLaren, uma imponente estrutura com a frente toda de vidro colocada no 'paddock' em Hockenheim.

"A McLaren, acredito, é a segunda maior marca da Fórmula 1, com uma margem razoável de quem quer que seja a terceira."

"Eles (Ferrari) tem 60 anos de herança, muitos campeonatos mundiais. Em vez de ficar com inveja ou fingir que não é assim, é melhor dizer que eles são fantásticos, que conquistaram muita coisa, mas nós queremos superá-los um dia", continuou ele.

"Pode até não acontecer durante minha carreira, mas em dez, 20 anos, por que nós não podemos ser a maior marca?"

"Vinte anos atrás, poderia ser ridículo falar isto, não acho que soe tão ridículo agora e espero que em dez anos seja mais real e que em 20 anos tenhamos conseguido isto."   Continuação...