Guti deixa o Real Madri analisando oferta do Besiktas

domingo, 25 de julho de 2010 12:37 BRT
 

MADRI (Reuters) - O meio-campista do Real Madri Guti está deixando o time da capital espanhola após 25 anos e analisa proposta do clube turco Besiktas.

O jogador de 33 anos, que já atuou pela seleção da Espanha, chegou ao time de juniores do Real em 1985 e fez a sua estreia pelo time principal uma década depois, ajudando a equipe a vencer cinco vezes o Campeonato Espanhol e três Copas dos Campeões da Europa.

Um herói entre os torcedores mais fanáticos do clube e capitão do time, ele seria treinado no Besiktas pelo alemão Bernd Schuster, responsável pelo Real durante 2007 e 2008.

"Deixo o time sabendo que a família Real Madri me ama e isto é muito importante", disse Guti durante entrevista coletiva no Santiago Bernabeu neste domingo.

Questionado sobre seu futuro, ele completou: "Eu tenho uma oferta interessante do Besiktas, mas ainda não me decidi. O que eu sei, com certeza, é que independentemente do time em que eu for jogar, darei o meu melhor".

Reportagens na Espanha nos últimos dias indicaram que outro jogador com muitos anos de serviço no Real, o atacante Raúl, também deve deixar a equipe e deve anunciar a sua saída para o time alemão Schalke 04 na segunda.

Raúl, 33, outro capitão do time e considerado um talismã pelos torcedores, estreou pelo Real no Campeonato Espanhol em outubro de 1994 aos 17 anos e venceu seis título da competição e três Copas dos Campeões da Europa, além de ter sido artilheiro da Espanha por duas vezes.

Em outubro do ano passado, ele empatou o recorde de gols do alemão Gerd Müller, com 66 marcados nas três principais competições de clubes na Europa.

Ele tem também o posto de maior artilheiro na história da seleção espanhola com 44 gols em 102 partidas, um a mais do que o seu sucessor --e que usa a mesma camisa sete-- David Villa.

(Reportagem por Iain Rogers)

 
<p>Meio-campista do Real Madrid Guti fala em coletiva de imprensa em Madrid. Guti est&aacute; deixando o time da capital espanhola ap&oacute;s 25 anos e analisa proposta do clube turco Besiktas. 25/07/2010 REUTERS/Juan Medina</p>