Contador vence a Volta da França escondendo suas fraquezas

domingo, 25 de julho de 2010 14:34 BRT
 

Por Julien Pretot

PARIS (Reuters) - Um ano após aproveitar todas as oportunidades para mostrar a sua capacidade para vencer a Volta da França, Alberto Contador garantiu no domingo a conquista do seu terceiro título neste ano com uma estratégia diferente: escondendo as suas fraquezas.

O espanhol de 27 anos, um dos cinco homens que tiveram vitórias em etapas da competição, a Giro d'Italia e a Spanish Vuelta, sofreu muito no trajeto de 3.642 km.

Ele teve dificuldade no trecho de montanhas e quase não conseguiu um resultado na competição por tempo no sábado, fazendo com que a sua vitória no domingo tenha sido conquistada por apenas 39 segundos --a quinta menor margem de vitória na história.

"Este ano, tive momentos difíceis fisicamente. Eu não estava no meu melhor em todos os dias", disse Contador para a Reuters no trem que levou os ciclistas para a última etapa da Volta em Champs Elysees. "Mas nestes dias ruins, eu fui capaz de esconder que não estava muito bem."

No ano passado, Contador, preso em uma batalha psicológica com o companheiro de equipe e rival Lance Armstrong, partiu para o ataque na primeira etapa na montanha, eliminou os competidores na subida para Verbier e venceu a disputa por tempo final.

A história foi bem diferente nestas últimas três semanas. Contador perdeu 10 segundos para Andy Schleck, que acabou ficando em segundo, na pista em montanha em Avoriaz, em um dos dias ruins.

O espanhol também foi o vencedor no ano passado da Volta ao ganhar de Schleck por mais de quatro minutos.

 
<p>O espanhol Alberto Contador comemora ao vencer a Volta da Fran&ccedil;a, na Champs Elysees em Paris. Contador garantiu no domingo a conquista do seu terceiro t&iacute;tulo neste ano. 25/07/2010 REUTERS/Gonzalo Fuentes</p>