Fábregas se diz dividido entre Arsenal e Barcelona

quinta-feira, 29 de julho de 2010 16:31 BRT
 

BARCELONA (Reuters) - Cesc Fábregas está dividido entre ficar no Arsenal ou transferir-se para o Barcelona, e disse que ainda está realmente em dúvida a respeito do que fazer.

O capitão do Arsenal tem sido cortejado pelo clube catalão, onde ele começou a carreira, mas o Arsenal já rechaçou qualquer possibilidade de negociação com os campeões da Espanha, incluindo uma oferta formal de 29 milhões de libras (45 milhões de dólares).

Em uma entrevista à revista catalã DIR Emotions publicada nesta quinta-feira, Fábregas, de 23 anos, afirmou: "Sou torcedor do Barça, sou membro do clube, assim como meu avô, meu tio, meus primos... Eu tenho as cores do clube no meu sangue desde muito novo, sou catalão."

"No entanto, sou o capitão do Arsenal, sou um 'Gunner'", acrescentou, referindo-se ao apelido dos torcedores do clube. "E foi lá que me tornei jogador e amadureci como pessoa."

O meia-ofensivo, que fez parte da seleção espanhola campeã do mundo, foi forçado por seus companheiros de seleção a vestir uma camisa do Barça durante as comemorações do título mundial em Madri.

Se ele vai usar o uniforme azul-grená de verdade no futuro ainda é um mistério.

O técnico do Arsenal, Arsene Wenger, disse na quarta-feira que não tem qualquer intenção em vender Fábregas, e o jogador disse que seu relacionamento muito próximo com o treinador o colocou numa grande crise de identidade.

Fábregas chegou ao Arsenal aos 16 anos, em 2003, e já disputou 267 jogos pelo clube, com 48 gols marcados.

"Ele é um segundo pai para mim, a pessoa mais importante da minha vida depois do meu pai. Ele tem um comportamento muito bom comigo e me tem como um filho. Sou parte da família dele", disse Fábregas.   Continuação...

 
<p>O espanhol Cesc F&aacute;bregas, capit&atilde;o do Arsenal, cogita voltar para o Barcelona, onde come&ccedil;ou sua carreira. 03/07/2010 REUTERS/Marcelo Del Pozo</p>