Brasil e Argentina disputarão amistosos em 2010 e 2011

sexta-feira, 30 de julho de 2010 20:01 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - Os presidentes da Associação de Futebol Argentino (AFA), Julio Grondona, e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, acertaram nesta sexta-feira um acordo para que suas seleções se enfrentem em jogos amistosos neste ano e no próximo.

No entanto, os dois times só terão jogadores que atuam em torneios locais de cada país, descartando uma eventual convocação de atletas do exterior.

A AFA não confirmou as datas dos jogos contra o Brasil, mas o primeiro seria em dezembro em Buenos Aires e o segundo em uma cidade brasileira que, segundo Grondona, "será designada em seu momento".

"O Ricardo (Teixeira) me ligou manifestando a ideia de levar adiante a possibilidade de jogar duas partidas, uma aqui (Argentina) e outra lá (Brasil) e competir com um detalhe que em outras épocas nem se pensava: que sejam exclusivamente com os jogadores que estão atuando dentro de Argentina e Brasil, jogadores locais", declarou.

A CBF confirmou em seu site nesta sexta-feira que o jogo amistoso contra os Estados Unidos, no dia 10, será disputado às 20h locais (21h de Brasília) no New Meadowlands Stadium. Será o primeiro confronto do Brasil sob o comando do técnico Mano Menezes, substituto de Dunga após a Copa do Mundo.

Na Argentina, com os ecos do escândalo desatado quando a AFA anunciou que não renovaria o contrato de Diego Maradona, Grondona confirmou como sucessor interino o treinador das seleções de base Sergio Batista e esclareceu que não há pressa para buscar o novo técnico.

Batista, que em 2008 foi campeão olímpico em Pequim, comandará a seleção argentina que em 11 de agosto enfrentará a Irlanda num amistoso em Dublin, e em 7 de setembro dirigirá o confronto em Buenos Aires contra a atual campeã mundial Espanha.

(Reportagem de Luis Ampuero)