Murray encara Querrey na final de Los Angeles

domingo, 1 de agosto de 2010 15:39 BRT
 

Por Mark Lamport-Stokes

LOS ANGELES (Reuters) - Melhor tenista britânico e quarto melhor do mundo, o cabeça-de-chave Andy Murray venceu um curioso e confuso encontro com o espanhol Feliciano Lopez por 2 sets a 1 (6-0 1-6 6-4) no sábado e chegou à final do aberto de Los Angeles.

Em busca do seu primeiro título na ATP neste ano, Murray recuperou-se de um fraco segundo set para arrancar a vitória após uma hora e 38 minutos de partida na quadra do LA Tennis Center.

O escocês, disputando seu primeiro torneio desde Wimbledon, irá enfrentar o segundo cabeça-de-chave Sam Querrey na final de domingo. O norte-americano, dono de um excelente serviço, derrotou de virada o sérvio Janko Tipsarevic com parciais 6-7 7-6 6-4 diante de uma multidão em sua cidade natal.

Será a primeira vez desde 1999, quando Pete Sampras bateu o também norte-americano Andre Agassi, que os dois melhores cabeças-de-chave irão disputar a final.

Murray, escoando confiança com um brilhante conjunto de jogadas e movimentos ágeis, quebrou o serviço de Lopes no segundo, quarto e sexto games para vencer o set de abertura em apenas 24 minutos.

Inexplicavelmente, Murray perdeu o rumo no segundo set, encontrando muitas dificuldades e tendo o serviço quebrado pelo espanhol no terceiro, quinto e sétimo games, levando Lopez a empatar a partida.

A maré mudou novamente assim que Murray quebrou o serviço do adversário no primeiro game do último set antes de abrir 5-3. O espanhol foi bem e salvou dois match points em seu serviço no nono game antes que Murray fechasse a partida no 10.

"Durante todo o jogo e até o final, não havia um ponto em que eu não tenha jogado bem, assim como ele," disse Murray após a partida.

"O terceiro set foi muito equilibrado mas nenhum de nós tinha jogado muito desde Wimbledon, então talvez isso explique a inconsistência."

 
<p>O escoc&ecirc;s Andy Murray &eacute; o quarto melhor tenista do mundo. 31/07/2010 REUTERS/Danny Moloshok</p>