Anderson, do Manchester, é salvo de carro em chamas em Portugal

segunda-feira, 2 de agosto de 2010 09:39 BRT
 

LISBOA (Reuters) - O meio-campista brasileiro Anderson, do Manchester United, foi retirado com ferimentos leves de um carro em chamas após um acidente ocorrido no começo da manhã de sábado em Portugal, segundo a imprensa local.

Testemunhas ouvidas pelo Jornal de Notícias disseram que o jogador perdeu o controle do veículo numa estrada local perto de Braga, no norte de Portugal. O carro teria batido num muro e se incendiado.

"Achei que ele estava morto. Meu irmão o arrastou para fora do carro, e debelamos as chamas antes que todo o carro queimasse", disse uma testemunha ao jornal.

Embora o carro esportivo tivesse só dois lugares, a polícia disse que Anderson estava acompanhado por uma brasileira e outro homem.

"Os três receberam alta médica no final da manhã de sábado. Tiveram apenas lesões leves e superficiais. A jovem foi quem mais precisou de tratamento, mas só coisas pequenas", disse um porta-voz do hospital de Braga ao jornal.

Segundo a polícia local, o trio esteve numa casa noturna de Braga antes do acidente.

Agentes do jogador disseram que ele deve voltar em breve a Manchester para continuar se tratando de uma lesão de joelho, sofrida em fevereiro.

Anderson, 22 anos, passou dois anos no Porto antes de se transferir em 2007 para o Manchester United.

(Reportagem de Shrikesh Laxmidas)

 
<p>Anderson do Manchester United durante semifinal da Liga dos Campe&otilde;es em 2009. O meio-campista brasileiro foi retirado com ferimentos leves de um carro em chamas ap&oacute;s um acidente ocorrido no come&ccedil;o da manh&atilde; de s&aacute;bado em Portugal. 29/04/2009 REUTERS/Nigel Roddis</p>