Ducati admite interesse em Valentino Rossi, mas nega acordo

quarta-feira, 4 de agosto de 2010 12:45 BRT
 

Por Mark Meadows

MILÃO (Reuters) - O campeão mundial de MotoGP Valentino Rossi não chegou a um acordo para correr pela equipe Ducati na próxima temporada, mas a escuderia italiana disse nesta quarta-feira que segue interessada em contratá-lo.

Reportagens na mídia italiana afirmaram que Rossi assinaria com a Ducati, após o atual piloto da equipe Casey Stoner ter dito no mês passado que vai correr pela Honda no ano que vem.

Várias reportagens diziam que o anúncio da saída de Rossi da Yamaha seria feito no Grande Prêmio da República Tcheca, no dia 15 de agosto, mas a Ducati negou os rumores.

"Nenhum acordo foi fechado com os pilotos Valentino Rossi e Nicky Hayden para a temporada futura da MotoGP, mas nosso interesse nesses pilotos ainda existe", afirmou a Ducati em comunicado.

"Se e quando um acordo será alcançado, será divulgado para a imprensa."

O norte-americano Hayden já corre pela equipe atualmente.

Rossi fraturou a perna antes do GP da Itália em junho, mas teve uma rápida recuperação e voltou a correr pouco mais de um mês e meio depois.

Ele é provavelmente o maior nome do esporte italiano, e uma transferência para a principal equipe do país na MotoGP seria muito bem-vinda pelos torcedores italianos fanáticos por velocidade.

A Yamaha fez uma oferta para renovar com Rossi, mas o piloto não chegou a qualquer acordo para estender seu contrato, que termina no fim do ano.

O piloto já demonstrou interesse em trocar as duas rodas pelo rali, e também é alvo frequentemente de especulações a respeito de uma mudança para correr pela equipe Ferrari na Fórmula 1.

 
<p>Valentino Rossi fala com equipe depois de aquecimento para MotoGP dos EUA em Monterey, Calif&oacute;rnia, em julho. O campe&atilde;o mundial n&atilde;o chegou a um acordo para correr pela equipe Ducati na pr&oacute;xima temporada, mas a escuderia italiana disse que segue interessada em contrat&aacute;-lo. 25/07/2010 REUTERS/David Royal</p>