Filho de brasileiro diz não ao México para jogar pelo Barcelona

sexta-feira, 6 de agosto de 2010 19:28 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O meia mexicano Jonathan dos Santos foi convocado para a seleção de seu país para um jogo amistoso contra a Espanha, mas pediu a liberação para disputar um jogo pelo seu clube, o Barcelona.

O amistoso de quarta-feira, em comemoração ao Bicentenário da Independência do México, será a primeira partida da "Fúria" após ganhar o título mundial na Copa da África do Sul.

"O jogador solicitou um aval para não atuar pela seleção porque jogará a final da Supercopa da Espanha com o Barcelona. A direção geral de seleções avaliou sua solicitação e concedeu o aval", informou nesta sexta-feira a Federação Mexicana de Futebol (Femexfut) em comunicado.

Barcelona e Sevilla disputarão a Supercopa nos dias 14 e 21 de agosto.

Dos Santos, de 20 anos, foi descartado em maio do grupo que participou do Mundial da África do Sul depois de realizar uma longa concentração, e seu pai, o brasileiro Geraldo Dos Santos, conhecido como "Zizinho", chegou a dizer que o jogador renunciaria à seleção.

A Femexfut disse que Dos Santos manifestou seu interesse em participar de possíveis convocações futuras da seleção e que Enrique Meza, que só dirigirá a equipe contra a Espanha, não chamará outro jogador.

A federação mexicana ainda não designou um técnico definitivo para a seleção, após a saída de Javier Aguirre depois da Copa do Mundo.

(Reportagem de Carlos Calvo)