Cinco jogadores franceses são chamados a audiência sobre Copa

sábado, 7 de agosto de 2010 14:16 BRT
 

PARIS (Reuters) - O capitão da seleção francesa de futebol, Patrice Evra, e Nicolas Anelka estão entre os cinco jogadores chamados na sexta-feira para uma audiência sobre sua participação no comportamento rebelde dos Bleus durante a Copa do Mundo.

Eric Abidal, Franck Ribery e Jeremy Toulalan são os outros três jogadores que devem participar da audiência juntamente com Evra e Anelka, que foi enviado de volta à Europa durante o torneio da África do Sul por insultar o técnico Raymond Domenech.

A França terminou a Copa do Mundo em vergonha, com os jogadores boicotando um treino em apoio a Anelka e o time posteriormente eliminado na primeira fase sem sequer uma vitória.

Os cinco foram apontados pela imprensa francesa como "os líderes do motim de Knysna" --cidade sul-africana onde o time se recusou a treinar dois dias antes do último jogo contra a seleção da África do Sul.

A decisão de chamá-los foi tomada depois que o conselho federal da Federação Francesa de Futebol ouviu o relatório de uma comissão de investigação. A data da audiência não foi revelada.

"Assumimos nossas responsabilidades. A lista de jogadores citada foi aprovada em unanimidade pelos membros do conselho", disse Jacques Rousselot, presidente do conselho do Nancy, da Ligue 1.

Para o restante do elenco, a FFF estipulou que o não pagamento dos bônus dos patrocinadores, totalizando cerca de 3,96 milhões de dólares, e a suspensão por uma partida da seleção francesa será uma punição adequada.

(Reportagem de Jean-Paul Couret)

 
<p>Anelka deixa o aeroporto de George, na Cidade do Cabo. O capit&atilde;o da sele&ccedil;&atilde;o francesa de futebol, Patrice Evra, e Nicolas Anelka est&atilde;o entre os cinco jogadores chamados na sexta-feira para uma audi&ecirc;ncia sobre sua participa&ccedil;&atilde;o no comportamento rebelde dos Bleus durante a Copa do Mundo.16/06/2010.REUTERS/Charles Platiau</p>