No Fluminense, Deco quer pagar "dívida" no futebol brasileiro

segunda-feira, 9 de agosto de 2010 15:21 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O meia Deco foi apresentado nesta segunda-feira como novo reforço do Fluminense e disse que a volta ao futebol brasileiro era uma dívida que tinha com ele mesmo após 13 anos de sucesso na Europa.

O jogador brasileiro naturalizado português, de 32 anos, que defendeu Portugal em duas Copas do Mundo, foi liberado antecipadamente de seu contrato com o Chelsea no fim de semana e tem previsão de estreia por seu novo time no clássico contra o Vasco no dia 22 de agosto.

"Eu tinha essa dívida comigo, era um sonho grande poder voltar ao futebol brasileiro", disse Deco após vestir pela primeira vez a camisa 20 do clube que lidera o Campeonato Brasileiro. "É um sonho de criança jogar no Maracanã e no Brasil, porque quase não tive essa oportunidade", acrescentou.

Deco afirmou que aceitou uma redução em seu salário para trocar o Chelsea pelo Fluminense. Segundo o jogador, a decisão de voltar ao Brasil aconteceu depois que ele perdeu a vontade de continuar na Europa.

"As dificuldades foram grandes para conseguir me liberar do contrato com o Chelsea, mas agradeço ao Fluminense por ter aberto as portas e ter feito o esforço que fez pra me trazer de volta", disse. "Não sentia mais alegria na Europa. Não foi uma questão de dinheiro, voltei pelo desafio", acrescentou.

A escolha pelo Fluminense, clube que lidera o Campeonato Brasileiro com 29 pontos em 13 jogos, aconteceu também devido à presença do treinador Muricy Ramalho, tricampeão brasileiro com São Paulo entre 2006 e 2008.

"Tive sorte de vir para o líder e estou feliz por estar num clube muito bom, que vive um excelente momento, com jogadores de qualidade e um treinador (Muricy Ramalho) fantástico que é uma referência no futebol brasileiro", disse. "O Muricy era uma das condições. Não foi uma imposição, mas com o Muricy as coisas ficam mais fáceis."

Muricy era a primeira opção da CBF para substituir Dunga na seleção brasileira após o Mundial da África do Sul, mas não foi liberado pelo Fluminense e decidiu permanecer no comando da equipe.

Em seu novo clube, Deco jogará ao lado do ex-companheiro de Chelsea Belletti e de jogadores importantes como o meia argentino Dario Conca e o atacante Fred.   Continuação...

 
<p>Meia Deco foi apresentado como novo refor&ccedil;o do Fluminense. REUTERS/Sergio Moraes</p>