Coutinho, da Inter de Milão, ameniza perda de Balotelli

sexta-feira, 13 de agosto de 2010 12:12 BRT
 

Por Mark Meadows

MILÃO (Reuters) - A Inter de Milão não deve gastar o dinheiro da venda de Mario Balotelli em um atacante de grande nome, depois de ter contratado o jovem brasileiro Coutinho, ex-Vasco.

Os campeões europeus estão vendendo Balotelli ao Manchester City depois de perder a paciência com o esquentado jogador de 20 anos, que não foi um titular frequente na última temporada, mas se envolveu em uma série de incidentes dentro e fora de campo.

Liberar um dos poucos talentos das categorias de base a chegar ao time principal deixou alguns fãs insatisfeitos, mas o Inter acredita que tem outros jovens que podem ficar em seu lugar.

O brasileiro Coutinho, de 18 anos, que assinou contrato com a Inter em 2008, antes de ficar por empréstimo no Vasco até o mês passado, impressionou o técnico Rafael Benítez durante uma turnê de pré-temporada nos Estados Unidos e pode conseguir sua entrada no time.

"Estamos contentes com os jovens que vimos nos Estados Unidos -- jovens que já havíamos visto. Então eles podem ficar calmos", disse o dono da Inter, Massimo Moratti, a jornalistas quando perguntado se os vencedores da última temporada do Campeonato Italiano e da Copa Itália fariam alguma grande compra.

A contratação do meio-campista do Genoa Giuseppe Sculli é possível, mas Javier Mascherano, do Liverpool, é considerado muito caro.

Moratti disse que a equipe só fará contratações depois de vender jogadores, e após manter Maicon no time em vez de deixar que o brasileiro se unisse ao ex-técnico da Inter José Mourinho no Real Madrid, haverá apenas o dinheiro da venda de Balotelli e poucas opções para gastá-lo em atacantes.

Diego Forlán, do Atlético de Madri, e Giuseppe Rossi, do Villarreal, teriam atraído o interesse da Inter, segundo a imprensa, mas a equipe, que conquistou a tríplice coroa na temporada passada pode decidir ficar com o que tem se Coutinho continuar a impressionar com sua habilidade e energia.

 
<p>Mario Balotelli durante treino da sele&ccedil;&atilde;o italiana. Sua venda pelo Inter de Mil&atilde;o ser&aacute; amortecida pela presen&ccedil;a do brasileiro Coutinho. 08/08/2010 REUTERS/Tony Gentile</p>