13 de Agosto de 2010 / às 21:24 / 7 anos atrás

Balotelli busca calma após trocar Inter pelo Manchester City

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) - O novo reforço do Manchester City, Mario Balotelli, disse nesta sexta-feira que estava triste por deixar a Itália, mas que precisava de calma após uma passagem turbulenta pela Inter de Milão.

Se o atacante de 20 anos, conhecido como Super Mario, terá a tranquilidade esperada no clube inglês ainda é uma incógnita, no entanto. Desde que foi comprado por um milionário de Abu Dhabi, o clube está todos os dias no noticiário.

O objetivo do clube para a temporada é terminar entre os quatro primeiros e conseguir uma vaga na próxima Liga dos Campeões. Para isso, o técnico Roberto Mancini contará com um elenco recheado de estrelas, e muitas delas devem ficar insatisfeitas se não forem titulares.

Esse provavelmente é o caso de Robinho, que terá de voltar ao clube após o empréstimo ao Santos e precisará lutar por uma vaga com vários outros atacantes.

A reputação de problemático de Balotelli, apesar de seu enorme talento, será um motivo de preocupação para o City, que desembolsou cerca de 24 milhões de libras (37,4 milhões de dólares) pelo jogador, de acordo com a imprensa britânica.

“Lamento deixar a Inter e a Itália, porque eu preferia continuar minha carreira profissional no meu país”, disse ele após ser aprovado nos exames médicos e assinar contrato de cinco anos.

“Estou indo para um lugar onde espero encontrar o meu espaço, o que é muito importante para mim. Preciso jogar, cometer erros para aprender. E também preciso de calma.”

O técnico do City, Roberto Mancini, que trabalhou com Balotelli quando era o treinador do clube italiano, escolheu o atacante cuidadosamente como um trunfo para levar o time a seu primeiro grande título desde a Copa da Liga inglesa de 1976.

“Acho que Mario é um dos melhores jogadores de sua idade na Europa, e estou muito feliz por voltar a trabalhar com ele”, disse Mancini ao site do clube.

Balotelli, que fez sua estreia pela seleção da Itália no amistoso de terça-feira contra a Costa do Marfim, ganhou fama de “bad boy” ao ter repetidos problemas com o ex-treinador da Inter José Mourinho durante a última temporada.

Torcedor declarado do Milan, ele causou a ira de torcedores da Inter ao usar o uniforme do rival algumas vezes em partidas no estádio San Siro.

Reportagem adicional de Mark Meadows, em Milão

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below