Maradona pode aceitar treinar o Aston Villa, diz agente

domingo, 15 de agosto de 2010 17:33 BRT
 

Por Rex Gowar

BUENOS AIRES (Reuters) - Diego Maradona, sem trabalho desde que a Argentina se despediu da Copa do Mundo seis semanas atrás, considera a ideia de treinar um clube inglês se suas chances de voltar à seleção desaparecerem completamente.

Walter Soriano, representante de Maradona na Europa, disse neste domingo que se o Aston Villa, sem treinador desde a saída de Martin O'Neill nesta semana, fizer uma oferta a Maradona, o argentina "estaria muito aberto a ideia de ir para a Inglaterra".

No entanto, um amigo próximo a Maradona em Buenos Aires disse à Reuters não ser provável que o homem cujo gol com a "Mão de Deus" ajudou a eliminar a Inglaterra da Copa do Mundo de 1986 estivesse pensando na mudança para uma equipe do Campeonato Inglês.

"Não é uma questão de ele estar interessado em treinar um time da Inglaterra agora... Não estou dizendo que seja impossível, mas eu vejo como improvável", disse à Reuters o amigo que pediu para não ser identificado.

"Ele ainda coloca a Argentina acima de qualquer outro time e não considera as portas da seleção nacional totalmente fechadas", acrescentou.

Maradona não teve seu contrato renovado após a derrota por 4 x 0 para a Alemanha nas quartas de final do Mundial. Um dos motivos foi o fato de o treinador ter recusado a condição de que teria que dispensar alguns membros de sua comissão técnica.

Sergio Batista, companheiro de equipe de Maradona quando a Argentina conquistou o título mundial de 1986, assumiu o cargo de maneira interina e viu a Argentina bater a Irlanda por 1 x 0, na quarta-feira, em sua primeira partida no comando.

VAGA NO VILLA   Continuação...