Governo do Chile ratifica organização dos Jogos Odesul de 2014

domingo, 15 de agosto de 2010 17:56 BRT
 

SANTIAGO (Reuters) - O presidente do Chile, Sebastián Piñera, ratificou neste domingo que o país organizará os Jogos Sul-Americanos (Odesul) de 2014, cuja realização foi posta em dúvida após o terremoto que atingiu o país no começo do ano.

Os Jogos Odesul, que se realizam a cada quatro anos, abrangem uma série de modalidades integradas em sua maioria por esportes olímpicos e contam com a participação de todos os países sul-americanos, assim como outros da América Central e do Caribe.

"No ano de 2014 nós iremos organizar os Jogos Odesul aqui no Chile e esperamos que sejam os melhores Jogos Odesul da história, pela organização, infraestrutura e conquistas de nossos desportistas", declarou Piñera a jornalistas em uma cerimônia em Santiago.

"O objetivo é que estes Jogos entrem profundamente na alma de nosso país... e que signifiquem o renascimento de uma nova era de esporte no Chile, e que possamos superar o que foi feito na última edição em Medellín", acrescentou.

O governo do Chile, que tinha pedido uma prorrogação do prazo para definir a organização dos Jogos Odesul por conta do terremoto de 27 de fevereiro, investirá 50 milhões de dólares no evento.

Nos Jogos de Medellín deste ano, o Chile terminou em quinto lugar com 109 medalhas, 25 delas de ouro.