Lula diz que Santos deu lição a outros times ao segurar Neymar

segunda-feira, 23 de agosto de 2010 18:05 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva elogiou nesta segunda-feira o Santos por ter recusado uma oferta milionária do Chelsea e renovado por mais cinco anos o contrato do atacante Neymar, uma das maiores revelações do futebol brasileiro nos últimos anos.

Lula, que é torcedor do Corinthians, convidou o jogador de 18 anos e seu companheiro de clube e de seleção Paulo Henrique Ganso para um encontro em São Paulo, em que exaltou a postura do Santos e de Neymar de não se renderem aos 30 milhões de euros oferecidos pelo clube inglês Chelsea.

"Foi uma atitude corajosa de um presidente de um clube, que tem jogadores imprescindíveis como tem o Neymar e o Ganso, e o time brigou para que eles ficassem aqui. Não é fácil convencer dois meninos a ficar, convencer gente a abrir mão de 30 milhões de euros", disse Lula a jornalistas, após o encontro com os jogadores e o presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira, segundo transcrição divulgada pelo Planalto.

"Para os meninos é extraordinário, para o povo brasileiro é muito bom. Obviamente que os meninos precisam ganhar o que merecem porque, afinal de contas, eles são os artistas do futebol. Mas eu achei que foi uma lição que o Santos deu, e eu espero que outros times sigam a decisão política do Santos", acrescentou.

Neymar e Ganso, que estrearam pela seleção na vitória por 2 x 0 sobre os EUA este mês, brilharam pelo Santos nas conquistas do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil este ano, despertando enorme interesse de clubes europeus.

No caso de Neymar, o Chelsea ofereceu 30 milhões de euros para contratá-lo, mas o jogador de 18 anos chegou a um acordo para renovar seu vínculo com o clube que o revelou.

 
<p>O presidente Luiz In&aacute;cio Lula da Silva brinca com o atacante do Santos Neymar em S&atilde;o Paulo. 23/08/2010 REUTERS/Paulo Whitaker</p>