28 de Agosto de 2010 / às 00:39 / 7 anos atrás

Estádio paulista da Copa-2014 será nova arena do Corinthians

SÃO PAULO (Reuters) - O novo estádio do Corinthians a ser construído em Itaquera, zona leste de São Paulo, será a arena da capital paulista na Copa do Mundo de 2014, informaram o governo estadual e o comitê organizador na sexta-feira.

O estádio, cujos detalhes de construção ainda não foram divulgados, é o favorito para receber a abertura do Mundial.

"Esse é o estádio de São Paulo para a Copa do Mundo, e São Paulo, como sempre foi, é a favorita para a abertura", disse por telefone o chefe de comunicação do comitê, Rodrigo Paiva, após reunião entre autoridades paulistas e o presidente da CBF e do comitê organizador da Copa, Ricardo Teixeira.

Participaram do encontro o governador Alberto Goldman, o prefeito Gilberto Kassab e o coordenador do comitê organizador paulista da Copa 2014, o secretário estadual de Economia e Planejamento Francisco Vidal Luna.

A definição da arena paulista era a maior preocupação dos organizadores e nesta semana Teixeira chegou a afirmar que estavam "pressionados pelo tempo".

O Morumbi, primeira escolha paulista para sediar o Mundial, foi descartado pela Fifa depois que o São Paulo Futebol Clube, proprietário do estádio, não apresentou as garantias financeiras para as reformas necessárias para a Copa.

Durante a reunião desta sexta, "o presidente da CBF foi consultado mais uma vez sobre a realização da abertura da Copa no estádio do Morumbi, e informou que esta opção estava totalmente excluída pela Fifa e pelo comitê organizador local da Copa 2014", disse um comunicado divulgado pela CBF, governo do Estado e prefeitura de São Paulo.

Outra opção, a construção de um complexo de eventos em Pirituba, zona norte da cidade, não conseguiu ser viabilizada, de acordo com os paulistas.

O presidente da CBF, então, consultou sobre a hipótese de a abertura da Copa acontecer em um novo estádio a ser erguido pelo Corinthians, clube com a maior torcida no Estado e a segunda no Brasil e que ainda não possui uma arena.

O governador e o prefeito apoiaram a ideia, porém deixaram claro que não vão financiar a obra.

"O governo do Estado e a prefeitura de São Paulo reafirmaram a decisão de não aplicar recursos públicos para a construção de estádios", informa a nota.

A Copa do Mundo no Brasil terá 12 cidades-sede.

Por Tatiana Ramil, com reportagem adicional de Pedro Fonseca no Rio de Janeiro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below