Último sobrevivente da 1a Copa do Mundo morre aos 100 anos

segunda-feira, 30 de agosto de 2010 17:49 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - Francisco Varallo, o último sobrevivente entre todos os jogadores que disputaram a primeira Copa do Mundo, em 1930, morreu aos 100 anos, informou a mídia argentina na segunda-feira.

Varallo, que jogou pela seleção argentina que perdeu a final do Mundial para o Uruguai por 4 x 2 em Montevidéu, morreu em sua casa na cidade de La Plata, 50 quilômetros ao sul de Buenos Aires.

Em uma entrevista para marcar seu aniversário de 100 anos em fevereiro, o ex-atacante conhecido pela força e precisão de seus chutes disse que a Argentina perdeu a final da Copa de 1930 por "falta de coragem", após ter ido para o intervalo vencendo por 2 x 1.

Varallo foi campeão argentino com o clube de sua cidade Gimnasia La Plata em 1929, durante a era amadora, antes de se transferir para o Boca Juniors, onde marcou 194 gols e ajudou a equipe a ser campeão profissional três vezes entre 1931 e 1936.

O ex-jogador, que ganhou uma medalha de Honra ao Mérito da Fifa em 1994, abandonou a carreira aos 30 anos, em 1940, devido a uma lesão.

(Por Rex Gowar)

 
<p>Francisco Varallo, &uacute;ltimo sobrevivente entre todos os jogadores que disputaram a primeira Copa do Mundo, em 1930, morreu aos 100 anos, informou a m&iacute;dia argentina. 12/02/2010 REUTERS/Stringer</p>