Proposta conjunta de ibéricos para Copa ganha elogios da Fifa

quinta-feira, 2 de setembro de 2010 16:57 BRT
 

LISBOA (Reuters) - A Fifa encerrou nesta quinta-feira uma inspeção de quatro dias por Espanha e Portugal para avaliar a proposta conjunta dos países para sediar a Copa do Mundo de 2018 ou 2022 e fez elogios à capacidade de coordenação entre os dois vizinhos para realizar um evento conjunto.

"Estamos certos que a coordenação exigida em termos de governo está absolutamente garantida se a Copa do Mundo vier para a Península Ibéria", disse o chefe da equipe de inspeção da Fifa, Harold Mayne-Nicholls, em entrevista coletiva.

Os delegados da federação internacional começaram a visita por Madri, onde foram a instalações de infraestrutura e ao complexo de treinamento do Real Madrid, além do estádio Santiago Bernabéu, proposto para ser a sede da final.

Eles viajaram em um trem de alta velocidade para Barcelona, onde visitaram o Camp Nou, do Barcelona, antes de irem a Portugal para inspecionar os estádios do Porto e do Benfica.

"Todos esses estádios, sem dúvida, são ideais para os milhões de torcedores de futebol do mundial", Mayne-Nicholls acrescentou.

A votação da Fifa para definir as sedes dos Mundiais de 2018 e 2002 será realizada no dia 2 de dezembro, em Zurique.

A Espanha, que sediou a Copa de 1982, e Portugal, sede da Eurocopa de 2004, competem contra Inglaterra, Rússia, EUA e Bélgica/Holanda.

(Reportagem de Daniel Alvarenga e Shrikesh Laxmidas)

 
<p>O chefe de inspe&ccedil;&atilde;o da Fifa, Harold Mayne-Nicholls (centro), o diretor da candidatura Miguel Angel Lopez e o secret&aacute;rio-geral da federa&ccedil;&atilde;o portuguesa de futebol, Angelo Brou, re&uacute;nem-se em Lisboa nesta quinta-feira. REUTERS/Jose Manuel Ribeiro</p>