6 de Setembro de 2010 / às 20:39 / em 7 anos

Campeã mundial Espanha quer enfrentar o Brasil

Por Rex Gowar

<p>Goleiro e capit&atilde;o da Espanha Iker Casillas acena para torcedores durante treino em Buenos Aires. 05/09/2010 REUTERS/Marcos Brindicci</p>

BUENOS AIRES (Reuters) - A Espanha quer colocar à prova o seu recente título mundial num confronto contra o Brasil, disse nesta segunda-feira o goleiro e capitão da “Roja”, Iker Casillas.

“O time que eu não tive a chance de encontrar e gostaria de enfrentar é o Brasil”, disse Casillas a jornalistas na véspera do amistoso contra a Argentina no estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires.

“Adoraríamos jogar uma partida contra o Brasil”, acrescentou Casillas, entusiasmado. “Acho que o último (Brasil x Espanha) já tem 12 anos.”

Contra a Argentina, o último confronto da Espanha foi em novembro, num amistoso em novembro, em Madri -- vitória do time da casa por 2 x 1.

Casillas disse que a Espanha não pode se deitar sobre suas glórias, pois disputa uma vaga para a Eurocopa-2012, e que amistosos como o de terça-feira são importantes para que o time continue progredindo.

“É a primeira vez que viajamos tanto para um amistoso, mas vale bem a pena.”

A Espanha estreou nas eliminatórias da Eurocopa na sexta-feira, goleando Liechtenstein por 4 x 0, e no dia seguinte o time encarou 15 horas de viagem até Buenos Aires.

Para o técnico Vicente del Bosque, “o pior que poderia nos acontecer é nos acomodarmos e achar que somos os reis do mundo”.

“Agora que concluímos o objetivo de ganhar uma Copa do Mundo, estamos preparando para repetir nosso título europeu”, acrescentou o treinador, cuja equipe venceu a Euro passada, em 2008.

Para Del Bosque, seu time não é favorito na terça-feira. “Acho que a Argentina está em posição de conseguir nos bater”, disse o treinador, cuja equipe apenas empatou com o México (1 x 1, com gol nos acréscimos) no mês passado, em sua primeira partida depois do título mundial.

A Argentina, disse Del Bosque, “tem um time organizado e tem talento, se as duas coisas funcionarem eles estarão no mesmo nível do nosso time.” “Não estamos tão distantes”, acrescentou.

Para o espanhol, seus rivais desta semana avançaram em relação ao futebol apresentado na Copa do Mundo, quando o time comandado por Diego Maradona foi goleado pela Alemanha por 4 x 0 nas quartas de final.

Elogiando o esquema tático do novo treinador Sergio Batista, que estreou com vitória por 1 x 0 contra a Irlanda no mês passado, Del Bosque declarou: “Pelo que vi contra a Irlanda, eles têm essa pausa e posse (de bola) no meio campo, e mudam a aceleração por meio dos centroavantes para dar movimento ao seu jogo ofensivo.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below