Portugal demite técnico Carlos Queiroz

quinta-feira, 9 de setembro de 2010 16:27 BRT
 

LISBOA (Reuters) - A Federação Portuguesa de Futebol demitiu o técnico Carlos Queiroz na quinta-feira, após uma suspensão de seis meses imposta ao treinador por ter ofendido médicos antidoping antes da Copa do Mundo deste ano.

"O contrato de Carlos Queiroz está terminado com efeito imediato", disse o presidente da FPF, Gilberto Madail, em entrevista coletiva.

A federação impôs uma suspensão de um mês ao treinador no fim de agosto pelo incidente antes do Mundial da África do Sul, mas autoridades antidoping do país ampliaram a pena para seis meses posteriormente.

Queiroz admitiu ter trocado palavras ríspidas com médicos responsáveis por exames antidoping durante uma visita-surpresa ao local onde a seleção de Portugal estava concentrada para a Copa, em maio.

O treinador disse que estava apenas expressando seu incômodo pelo fato de os jogadores estarem sendo incomodados, e prometeu recorrer da suspensão à Corte Arbitral do Esporte.

(Reportagem de Shrikesh Laxmidas)