Vettel é o mais rápido em treino livre de Monza; Button vai bem

sexta-feira, 10 de setembro de 2010 12:40 BRT
 

Por Alan Baldwin

MONZA, Itália (Reuters) - Sebastian Vettel, da Red Bull, e Jenson Button, da McLaren, dividiram as atenções no treino livre desta sexta-feira para o GP da Itália do fim de semana, em que ambos estarão desesperados por uma vitória.

Button, que não completou o GP da Bélgica há duas semanas, foi o piloto mais veloz numa ensolarada sessão da manhã no circuito de Monza, o mais rápido da Fórmula 1.

Vettel, que não conseguiu nesta temporada converter em vitórias os bons desempenhos nos treinos classificatórios, liderou os treinos da tarde na pista onde conquistou sua primeira vitória da carreira, com a Toro Rosso, em 2008.

No entanto, a McLaren foi a melhor do treino pela maior parte do tempo.

O alemão Vettel, de 23 anos, que no sábado vai buscar sua oitava pole position em 14 corridas no ano, foi o segundo melhor na primeira parte do treino, apenas 0s097 atrás da melhor volta de Button, dada em 1min23s693.

Ele baixou a melhor marca para 1min22s839 com o carro mais leve à tarde, à frente da dupla da Ferrari Fernando Alonso e Felipe Massa. Button foi o quinto.

O líder do campeonato Lewis Hamilton, companheiro de equipe de Button, ficou em terceiro e quarto lugares, respectivamente.

Hamilton lidera o Mundial três pontos à frente de Mark Webber, da Red Bull, com seis corridas faltando para o fim da temporada. Vettel é o terceiro, mais 28 pontos atrás, e Button está em quarto, 35 pontos atrás do líder.

Webber foi o sexto mais veloz no treino livre da tarde, mas parou no meio da pista com um problema hidráulico.

O brasileiro Rubens Barrichello, que ganhou em Monza no ano passado com a Brawn GP e também em 2002 e 2004 com a Ferrari, não conseguiu completar nem a primeira parte do treino com um problema mecânico.

 
<p>Sebastian Vettel da Red Bull durante sess&atilde;o de treino livre no GP da It&aacute;lia. Vettel e Jenson Button, da McLaren, dividiram as aten&ccedil;&otilde;es no treino desta sexta-feira. 10/09/2010 REUTERS/ Giampiero Sposito</p>