Everton empata no final com o Manchester United

sábado, 11 de setembro de 2010 11:29 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O Everton marcou dois gols nos acréscimos para conseguir um improvável empate em 3 x 3 com o Manchester United, neste sábado, pelo Campeonato Inglês, partida que Wayne Rooney não disputou para poupá-lo de possíveis provocações da torcida adversária.

Alex Ferguson, técnico do Manchester, disse que não escalou seu principal atacante para que ele não se tornasse objeto de provocação dos torcedores de seu ex-clube, depois que tabloides ingleses alegaram que Rooney teria traído sua mulher, no ano passado, na época em que ela estava grávida do filho do casal.

O Everton, que ainda está em busca de sua primeira vitória na temporada, saiu na frente com Steven Pienaar aos 39 minutos de jogo, mas o Manchester pareceu dominar completamente a partida depois que Darren Fletcher, Nemanja Vidic e Dimitar Berbatov viraram o placar, que marcava 3 x 1 aos 21 do segundo tempo.

O Everton, que derrotou o Manchester pelos mesmos 3 x 1 na temporada passada, diminuiu sua desvantagem com gol de cabeça de Tim Cahill, já nos acréscimos, então. e surpreendeu o rival quando Mikel Arteta chutou para igualar a partida.

O campeão Chelsea, único time com 100 por cento de aproveitamento depois de três rodadas, visita o West Ham United ainda neste sábado, enquanto o Arsenal, Manchester City e o Tottenham Hotspur também entrarão em campo.

(Reportagem de Mitch Phillips)

 
<p>Steven Pienaar, do Everton, e Darren Fletcher, do Manchester United, marcaram dois dos seis gols da partida, que terminou com um empate de 3x3. 11/09/2010 REUTERS/Nigel Roddis</p>