Wolfsburg continua sem pontos no Alemão; Ballack se machuca

sábado, 11 de setembro de 2010 17:35 BRT
 

BERLIM (Reuters) - O Wolfsburg sofreu mais uma derrota no Campeonato Alemão, neste sábado, ao perder por 2 x 0 para o Borussia Dortmund, enquanto Michael Ballack se machucou durante o empate de 2 x 2 entre o Bayer Leverkusen e o Hanover 96.

O campeão Bayern de Munique, que teve um início de temporada pouco convincente com quatro pontos em três jogos e apenas dois gols marcados, apenas empatou em 0 x 0, em casa, diante do desfalcado Werder Bremen, em um encontro de dois participantes da Liga dos Campeões.

Os gols no segundo tempo de Nuri Sahin e Shinji Kagawa, do Dortmund, deixaram o Wolfsburg, campeão da temporada 2008-09, sem sequer um ponto em três partidas sob o comando do ex-técnico da seleção da Inglaterra Steve McLaren, que no ano passado liderou o Twente Enschede ao título holandês.

Ballack, que não disputou a Copa do Mundo por causa de uma contusão, continua tendo um início de temporada infeliz. Ele deixou o campo mancando depois de meia hora de partida do Leverkusen, após um encontrão com um adversário.

O técnico Jupp Heynckes disse a repórteres que Ballack, que também fora substituído na goleada por 6 x 3 sofrida para o Borussia Moenchengladbach, sofreu uma contusão em seu joelho esquerdo e que seria submetido a uma ressonância.

"É mais provável que tenha sido o ligamento anterior", afirmou Heynckes. "Esperamos que não seja nada grave."

Gols nos últimos 30 minutos de Eren Derdiyok e Patrick Helmes garantiram o empate ao Leverkusen, que tem quatro pontos e encerrou a série de cem por cento de aproveitamento do Hanover.

O atacante grego Theofanis Gekas, que na semana passada anunciou que estava se aposentando da seleção de seu país, marcou duas vezes na goleada por 4 x 0 do Eintracht Frankfurt sobre o Moenchengladbach. Benjamin Koehler e Patrick Ochs marcaram os outros gols da primeira vitória da temporada do Eintracht.

O Hamburgo perdeu seus primeiros pontos ao conceder o gol de empate em 1 x 1 já no final para o Nuremberg, Javier Pinola converteu um pênalti aos 37 minutos do segundo tempo para cancelar a vantagem obtida com o gol do holandês Joris Mathijsen logo depois do intervalo.   Continuação...